terça-feira, julho 25, 2017

segunda-feira, julho 24, 2017

Ontem, assisti, mais uma vez, à Cabeça de Porco do Prática de Montação e teria muito mais o que ver. Porque diferente dos livros, em que mesmo que tudo esteja acontecendo ao mesmo tempo, é preciso que as palavras contem uma coisa de cada vez, uma palavra atrás da outra, na peça, em torno à cena principal, que nos chama a atenção de primeira, há outras cenas acontecendo e são esses detalhes que tornam de cada vez que vou assistir, uma Cabeça de Porco diferente. Porque para cada canto da Cabeça que eu olhe, há um ator continuando a estória dele com os outros, que são ao todo, 13.
E, ontem, essas cenas pequenas, pouco iluminadas, que me chamaram a atenção, não estavam de fora da força da cena principal, mais acesa. Tudo na mesma força, para os amigos que não conseguiram ir ver, ainda há hoje, o último dia!
Venham no sorteio:

sexta-feira, julho 21, 2017

O Diêgo me chamou  e disse:
- Luís, tudo bem? Aqui, a gente vai regravar aqueles áudios em off que rolam na peça com trechos dos livros. Pensei de fazer com a sua voz. Você toparia? – e, aí, eu vou no Galpão Gamboa, hoje depois do almoço, para gravar os áudios.
A Prática de Montação estará lá fazendo os ajustes para a apresentação de estréia amanhã. E, além dos áudios, o Diêgo falou:
- A gente pode ajustar também onde fazer o lançamento do Diário da Piscina e onde colocar a lojinha! – porque além do Diário da Piscina, levarei os livros e discos que tenho aqui pra quem, acaso, queira.
Daí, que com os áudios, não assistirei à peça de fora, vou estar dentro também.
Mas, não.
É ficção.
Vem no sorteio:

O Pedro tem tirado fotos dos gatinhos onde eles ficam meio humanos. Vejam o Benvindo. Isso foi agora de manhã. Isso foi também porque os humanos têm beleza assim, ternura assim, fragilidade assim. Isso porque não é só terror. É amor também.

quinta-feira, julho 20, 2017

Esperei por bem mais de um ano para que o serviço público de saúde agendasse uma consulta pra que um médico visse o exame computadorizado que fiz de minha coluna. O exame, além de um laudo escrito, é um disco pra se colocar no computer e ver a imagem das vértebras.
Quando cheguei no médico, um senhor desses que não vê ninguém, mas que representa bem o papel, disse com uma voz bem alta, e apenas pra ele mesmo:
- Nós aqui estamos no século XIX! Não temos como ver isso que você trouxe no disco! E, aí, olhou o laudo por escrito e disse, dessa vez pra mim:
- O que você tem é um problema degenerativo, na coluna. Vou te encaminhar para a fisioterapia. Você vá no Médico de Família com esse encaminhamento.
Saí de lá e fui direto ao Médico de Família de minha rua.

Já, lá se foram seis meses e nada!
Luís Capucho inspira peça e lança novo livro no Galpão Gamboa
"Cabeça de Porco" faz três apresentações a partir de sábado (22)
Por Renata Magalhães
access_time19 jul 2017, 15h39chat_bubble_outlinemore_horiz



(Rodrigo Menezes/Divulgação)

Em cartaz a partir de sábado (22) no Galpão Gamboa, a peça Cabeça de Porco narra o cotidiano de um cortiço onde vivem Creuza e seu filho Cadu. Os dois esperam pela procissão de Santa Moema enquanto Creuza tenta administrar a cabeça de porco lotada de homens. Entediado com o clima da casa, o menino procura paz no cinema pornô da cidade, onde conhece a stripper Sheila. Com 13 atores em cena, a montagem é inspirada nas músicas de Luis Capucho, compositor e cantor maldito. O próprio estará na Gamboa para o lançamento de seu quarto livro, O Diário da Piscina, sobre as aulas de natação que melhoraram sua qualidade de vida após complicações decorrentes do seu quadro como portador de HIV. Já na segunda (24), o dramaturgo Peter Franco lança o livro de poesias Saga Roça.

Galpão Gamboa Rua da Gamboa, 279, Gamboa. Sábado (22) e segunda (24), 21h; domingo (23), 19h. R$ 30,00. 18 anos.
http://vejario.abril.com.br/cultura-lazer/luis-capucho-inspira-peca-e-lanca-novo-livro-no-galpao-gamboa/

quarta-feira, julho 19, 2017

Eu e Bruno Cosentino, no dia 3 de agosto, faremos o show Poema Maldito no Festival Sesc de Inverno 2017. O Festival acontece entre os dias 28 de julho e 6 agosto, nas unidades do Sesc de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo.

A abertura, que acontece simultaneamente nas três cidades, será com shows de Caetano Veloso em Petrópolis; Tom Zé em Teresópolis e Baby do Brasil em Nova Friburgo. Isso, porque o tema é ‘Tropikaos — A Arte da Criação’. Isso porque é a desordem, a turbulência, a confusão.

terça-feira, julho 18, 2017

Hoje, até depois do horário de almoço, fiz o meu périplo pelos departamentos públicos de transporte da prefeitura de Niterói e também do Estado do Rio de Janeiro para tentar entender sobre a renovação de meu Passe Livre, que como vocês sabem, mesmo sob um recurso que chamam de Antecipação Judicial, tem tido ainda uns entraves e, inesperadamente, fui tratado em todos esses lugares, somente com amor!
Embora não tenha conseguido resolver a situação embrulhada e embora não tenha conseguido desembaralhar o entendimento dela, uma pontinha que seja, ficou mais clara pra mim.
Isso foi apenas pra mim, porque para aquela moça grávida, nada fluiu. Quando eu entrei na Assistência Social da prefeitura de Niterói, ela muito nervosa, com os calcanhares saltando convulsivos do chão, sem controle, fazia desafios gritados pra um guarda municipal. E diante da tranquilidade portentosa dele, ela começou então a tirar a roupa e a bater na barriga, com o bebezinho dentro. Aí, o guarda municipal disse que se ela continuasse a tirar a roupa, que ela seria presa. E ela correu mais pra ele, com os pulsos juntados um no outro e gritava ainda: prende, pode prender, que, aí, eu vou ter o que comer e onde dormir!
É meio difícil dizer o que estava acontecendo dentro daquela sala. Só sei que o guarda entrou num gabinete e fechou a porta. E a moça meio pelada sentou muito nervosa numa cadeira. Uma mulher trouxe água pra ela beber, outra pediu calma, que ela pensasse na criança, que ficasse calma.
Fora isso, eu preciso ficar repetindo que diz 22 de julho, na estréia da peça Cabeça de Porco, baseada na obra desse que voz fala, lançarei meu Diário da Piscina no Rio de Janeiro.

E tem mais essa novidade: